Na casca de uma caracol simplesmente lunática... <p> <p> Qualquer semelhança com a realidade é um simples delírio...
Quarta-feira, 25 de Outubro de 2006
As lágrimas que o meu coração chorou

As lágrimas que te escrevo, foi o meu coração que as chorou...

 

As lágrimas que te escrevo, foi o meu coração que as chorou.
Não são de sangue, nem doces, amargas ou salgadas.

 

As lágrimas que te escrevo, foi o meu coração que as chorou...

 

As lágrimas que te escrevo, foi o meu coração que as chorou.
Não são tristes, nem saudosas, alegres ou desesperadas.

 

As lágrimas que te escrevo, foi o meu coração que as chorou...

 

As lágrimas que te escrevo, foi o meu coração que as chorou.
Não são pesadas, nem leves, apaixonadas ou atraiçoadas.

 

As lágrimas que te escrevo, foi o meu coração que as chorou...

 

As lágrimas que te escrevo, foi o meu coração que as chorou.
São lágrimas...


sinto-me:

publicado por Caracol às 20:10
link do post | comentar | favorito

Este caracol
pesquisar
 
Novembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


Caracoladas recentes

Sad StormBrain

Eu Vivo

Up-date

Insónia

Para ti que me vês (,) am...

Uma tristeza, apenas

Já começou o Inverno

Arquivos encaracolados

Novembro 2006

Outubro 2006

tags

caracoladas

Histórias do Caracolinho

caracol no espeto

Caracóis amargos

todas as tags

Outros caracóis
Divirta-se com o Sapo
blogs SAPO
subscrever feeds